Ultimas Notícias

Sindicatos rejeitam proposta do governo e cobram implementação integral e imediata de 3, 98%

Data -base 2017 Rede Estadual
Palmas, 16 de junho de 2017


O presidente do SINTET, José Roque Santiago, junto aos demais presidentes dos sindicatos representantes dos/das servidores/as públicos rejeitaram a resposta do Governo sobre a data-base, em que a Secad através de ofício disse que o Estado não tem condições financeiras de cumprir a data-base 2017.

Os sindicalistas protocolaram nesta sexta-feira, 16, contraproposta ao Governo estadual cobrando implementação integral e imediata de 3,98%, índice que corresponde à inflação dos últimos doze meses, segundo o INPC.

Também no documento foi cobrado a implementação das Progressões Funcionais, conforme as especificidades de cada categoria. A Educação pede o cumprimento da:

Concessão e Implementação das evoluções funcionais referentes aos anos de 2015 e 2016;

E elaboração de um calendário para implementação dos passivos gerados em 2014, 2015 e 2016, com inclusão na folha de Pagamento.

O documento assinado pelos líderes sindicais cobram do Governo uma gestão pública pautada na eficiência, celeridade, probidade e lisura administrativa, e finaliza dizendo não abrir mão do cumprimento imediato dos direitos dos servidores.

Assinaram o documento: SINTET, SISEPE, SINTRAS, SINDARE, SIMED, SIMPEF, SETO, SINDIPERITO, SINDEFESA e SIMPOL.