Ultimas Notícias

Professores da rede municipal de Peixe protestam e prefeitura recua de alterar jornada

Professores da rede municipal de Peixe fecham acordo com prefeitura e jornada de trabalho não deve sofrer alterações. Foi o que informou a representante do Sintet, no município, Albertina Carvalho.

No último mês de janeiro, a categoria foi informada que a prefeitura teria decretado a redução da jornada de trabalho da educação de 40 horas para 30 horas na Educação Infantil e de 40h para 35h, na Educação Fundamental. A alteração comprometeria a aplicação de 1/3 da jornada de trabalho para o planejamento, estabelecida na Lei do Piso (Lei nº 11.738, de 16 de julho de 2008). A medida deixava implícita a redução do salário, sendo que com a alteração subtendia que a prefeitura pagaria apenas pelas horas de regência.

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet) promoveu uma assembleia com os educadores no último dia 1, em Peixe, onde a categoria teria se posicionado por unanimidade contra o decreto. Após articulação da categoria junto ao sindicato a prefeitura teria desistido de instituir o decreto. Segundo informações dos representantes do Sintet no município o acordo foi verbal.

“O Sintet é contra qualquer retirada de direito dos trabalhadores. Lutamos por valorização e não aceitamos retrocesso”, disse o presidente do Sintet, José Roque Santiago.

O presidente do Sintet José Roque, o vice-presidente, Iata Anderson Vilarinho e o presidente do Sintet Regional de Gurupi, João Batista participaram da assembleia. O secretário de Assuntos Municipais, Joelson Pereira também tem acompanhado o andamento do caso.