Ultimas Notícias

SINTET protocola Notícia de Fato sobre perda de dados do SGE no MPE

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet) peticionou na terça-feira, dia 11, uma Notícia de Fato, no Ministério Público Estadual (MPE/TO) solicitando a intervenção do MPE quanto a reposição de dados do SGE/Seduc, que foram perdidos após um problema técnico, segundo informou a Seduc. O Sintet entende que a responsabilidade pelo sistema é inteiramente da Seduc.

O ofício com a Comunicação de Fato sobre a perda de dados do SGE foi protocolado junto a 10° Promotoria da Capital- Infância e juventude-MPE/TO.

O Sintet também notificou hoje a Seduc, sobre decisão da direção sindical, juntamente com o Conselho Estadual de Representantes (CER) acerca da orientação da entidade aos professores, que estando estes assoberbados com o final de ano, tendo provas e trabalhos para corrigir, cuidar de lançar os dados do 4º bimestre, enquanto a força tarefa determinada pela SEDUC através do Memorando nº 217/2018 CIRCULAR/SEDUC de 05/12/2018 comecem a realizar a inserção dos dados perdidos e caso precise que os professores também o façam, uma vez que já fez o serviço e tendo que cuidar do 4º bimestre, que a SEDUC pague por esse trabalho extra (no caso dos professores que já realizaram o preenchimento dos diários eletrônicos cujos dados se perderam), bem como a SEDUC pagar pelo trabalho desprendido também por todos aqueles profissionais que tiverem jornada de trabalho extrapolado.

Para o SINTET, os trabalhadores não podem pagar, nem serem penalizados pelo erro da administração. Na época da operação tartaruga, realizado pelos trabalhadores, o Governo soube descontar de forma instantânea centavo por centavo dos dias e horas paralisados, sem nem um pingo de remorso, ocasionando verdadeiro caos na vida financeira dos trabalhadores.