Ultimas Notícias

Após paralisações prefeitura abre negociações com a Educação em Miracema



Após duas paralisações dos educadores da rede municipal de educação, a prefeitura cumpriu nesta sexta-feira, 21, o 13º salário e publicou o resultado das progressões funcional (vertical e horizontal) da Educação.

Em reposta ao oficio encaminhado pelo Sintet na segunda, 17, a prefeitura se reuniu com o Sintet, onde a gestão se comprometeu a buscar soluções para atender a pauta da categoria, além dos pontos atendidos, a prefeitura informou que: Vai discutir o reajuste 2018 após o dia 15 de janeiro, data em que a administração pública já terá um planejamento definido acerca das despesas 2019; o pagamento das progressões será discutido após 15 de janeiro de 2019; reintegrar as gratificações (garantidas pela Lei nº 274/11) em janeiro de 2019; a gestão se compromete a organizar as finanças a fim de estabelecer a data do pagamento para a data solicitada.

A categoria paralisou as atividades na última terça-feira, 18, data em que realizou uma assembleia, onde foi deliberado sobre a proposta apresentada pela prefeitura, sendo estabelecido que se não houver cumprimento dos pontos apresentados, os profissionais da rede municipal de Educação de Miracema se reunirão em nova assembleia em 28 de janeiro de 2019, para avaliar se inicia o ano letivo com aulas como prevê o calendário escolar.

Para o presidente do Sintet Regional de Miracema, Iata Anderson Vilarinho, o avanço no resultado nas negociações é reflexo do esforço da categoria que não enfraqueceu diante da luta. “Não vamos abrir mão dos nossos direitos, vamos permanecer na luta até a garantia das nossas reivindicações”, disse.