Ultimas Notícias

Mais de 50 professores de Buriti do Tocantins recebem precatórios do Sintet



Os valores pagos são devidos pela Prefeitura, referentes a dezembro de 2012 e conquistados em ação judicial impetrada pelo #sindicato

O Sintet ganhou ação judicial contra a Prefeitura de Buriti do Tocantins pelo não pagamento do salário dos professores em dezembro de 2012. Em agenda na região, o presidente do Sintet, José Roque Santiago pagou os precatórios para mais de cinquenta professores da rede municipal.

Entenda:
O Sintet ingressou com uma Ação Coletiva de Cobrança contra o município de Buriti do Tocantins, no ano de 2013, cobrando o pagamento por parte da administração municipal dos salários atrasados dos profissionais da educação, referente ao mês de dezembro de 2012, que não havia sido cumprido pela gestão.

Ainda em 2014, a sentença condenou o município a pagar os valores devidos, mas uma série de recursos adiou o cumprimento da decisão. Após um acordo entre as partes em 2018, o pagamento dos valores foi parcelado em 10 vezes, cuja primeira parcela foi entregue agora pelo presidente.

"É imensa a nossa satisfação de fazer justiça aos trabalhadores da Educação, devolver o que é do trabahlador por direito, essa é a nossa luta, isso é o Sintet", disse José Roque Santiago.