Ultimas Notícias

Devido à pandemia, Sintet exige que governo estadual feche escolas e suspenda atendimento ao público



Profissionais da educação estão atemorizados

O Sindicato dos Trabalhadores em Educação no Estado do Tocantins (Sintet) exige que o goverador Mauro Carlesse feche as escolas e suspenda atendimento ao público. O Sindicato notificou extrajudicialmente nesta segunda-feira (23), o governador Mauro Carlesse acerca da suspensão das aulas na rede estadual de estadual de ensino sem o fechamento das escolas.


O Sintet exige o fechamento das unidades de ensino da educação básica em todo o Estado devido à pandemia do coronavírus. Para o Sindicato, além de suspender as aulas, as escolas não devem realizar atendimento ao público, em razão de colocar em risco os funcionários de escolas.


O Sindicato pede ainda que a Secretaria Estadual de Educação (SEDUC) reveja com urgência o Memorando nº 189/2020, de 21 de março, que orienta sobre as medidas administrativas complementares quanto à organização do trabalho e funcionamento das unidades escolares e administrativas jurisdicionadas à SEDUC.



REDE MUNICIPAL
O Sintet também protocolou ofício na Secretaria Municipal de Educação de Palmas, solicitando a suspensão dos trabalhos administrativos de atendimento ao público. “O Sindicato entende que os esforços em combater a pandemia serão em vão se toda a unidade escolar não for fechada. Não podemos aceitar que os profissionais permaneçam expostos a esse risco”, disse o presidente do Sintet, José Roque Santiago.