Nota de repúdio contra a prefeita Fátima Coelho por descumprir o acordo de pagar o piso do magistério na carreira

15/03/2023 15/03/2023 15:13 137 visualizações

 

 

O Sintet, através da regional de Guaraí, repudia veementemente o descaso da prefeita de Guaraí, Fátima Coelho, por descumprir o acordo que fez com o Sindicato que era pagar o reajuste do piso do magistério no início da carreira dos professores.

 

De acordo com o Sindicato, a carreira do magistério municipal de Guaraí está achatada devido a gestão não investir na valorização da categoria.

 

Para o Sindicato, a valorização se faz pagando o reajuste do piso no início da carreira dos professores e aplicando o reajuste nos demais níveis da tabela do Plano de Carreira, Cargos e Remuneração (PCCR), mas não é o que acontece. 

 

No ano de 2022, a gestão fez um acordo com o Sindicato que pagaria o piso no início da carreira, e chegou a pagar nos meses de novembro e dezembro, mas deixou de cumprir desde o mês de janeiro de 2023, a partir do novo reajuste do piso.

 

A prefeita também não cumpre a lei do PCCR. Após o estudo de reestruturação da lei do PCCR, a prefeita reduziu para 4% o índice de um nível da tabela alegando que era para poder cumprir com o reajuste do piso, mas o processo não andou, e a gestão segue com a retirada de direitos e o desrespeito com os professores.

 

O Sintet lamenta o descaso e o desrespeito da Prefeita Fátima Coelho com os profissionais da educação da rede municipal de ensino de Guaraí e vai continuar buscando a garantia dos direitos da categoria através dos meios judiciais e da luta sindical.